Animais

Apresentamos os cães mais dóceis

Pin
Send
Share
Send
Send


O neurocientista e professor Stanley Coren, autor de "A inteligência dos cães", coletou dados de mais de 200 juízes de competições e treinadores de cães para determinar quais são os cães mais inteligentes.

De acordo com sua classificação, o Border Collie seria o "cão genial", graças à sua capacidade de cumprir ordens (95% de eficácia). A "lista negra" é liderada pelo pastor afegão e os basenji, por seu fraco desempenho em termos de aprendizado e execução de tarefas.

Aqui, mostramos quais são os 15 cães menos inteligentes nessa lista, ou seja, animais de estimação que precisam de cerca de 100 repetições para aprender um exercício e ter uma reação à primeira ordem em menos de 25% do tempo.

15. Bull Terrier

Embora seus donos digam que é um cachorro que sempre consegue o que quer, muitos deles reconhecem o baixo nível de obediência, razão pela qual ganhou o nome de "canino mais felino". Uma das características mais difíceis de sua personalidade é a tendência de agradar seu dono por conveniência, o que o torna não necessariamente receptivo aos pedidos que lhe são entregues.

14. Chihuahua

O PerrosChihuahua.org, além de sublinhar as virtudes deste cão, reconhece que é uma raça muito "viva e inquieta", que "exigirá grande parte de nossa energia". Chichuahua parece ser o animal de estimação perfeito para pequenas habitações urbanas, mas não para o cumprimento de pedidos. Esse déficit de atenção deve-se provavelmente à constante necessidade de estímulos e atividade física, o que poderia desconcentrá-lo das atividades propostas pelo mestre.

13. Lhasa Apso

A independência que caracteriza esta raça faz com que seja um objetivo difícil das técnicas tradicionais de treinamento. O método coercitivo parece não funcionar da melhor maneira nesses animais; portanto, os especialistas recomendam estímulos positivos. De fato, sites como o DePerros.org se recusam a garantir que é um cão difícil de treinar e, pelo contrário, afirmam que é fácil fazê-lo "se métodos apropriados forem usados".

Cães mais dóceis, Border Collie

Border Collie ou Border Collie são uma das raças mais inteligentes que existem, além de serem os melhores cães de pastoreio. Tenhauma grande capacidade de aprendizado e eles são muito ágeis, então eles são os favoritos nas competições de agilidade.

É também um cão extremamente obediente e desenvolve fortes laços com a pessoa que você identifica como líder (que tende a ser a pessoa que o alimenta), as cadelas permitem que seu dono agarre seus filhotes na presença dele sem emitir um grunhido.

Enérgicos e pacientes, são ideais para ter com crianças ou outros animais de estimação. No entanto, eles são uma corrida enérgica, por isso exigirão caminhadas e exercícios diários, uma dica útil é que você nunca os deixe soltos em uma área com fluxo de veículo, essa corrida geralmente persegue carros, pois seu instinto está pastando e muitos Acidentes por causa disso.

Sempre ansioso para trabalhar e por favor, sua bondade e disposição é indubitável e os tornou uma das raças mais desejáveis ​​em residências, sendo um dos cães menos agressivos do mundo.

Labradores são muito fiéis e não suspeitam de visitantes, No entanto, seu tamanho grande pode causar transtornos se você não for educado a não pular nas pessoas. Como foram criados para perseguir e recuperar presas, eles tendem a perseguir animais menores, mas com um pouco de socialização dos filhotes, isso não será um grande inconveniente.

Boxers são conhecidos como um dos melhores cães para viver com crianças. Isto é porque Eles são cães fortes, brincalhões e muito pacientes, além de ter uma das maiores infâncias entre os caninos. Os pugilistas eles exigem grande atividade física para direcionar sua energia e eles podem ser potencialmente agressivos porque têm um grande instinto de presa e porque protegem os membros da família, por isso é essencial educar a socialização dos boxeadores.

Os boxeadores são cães extremamente afetuosos, embora tendam a ser bruscos quando brincam, por exemplo, quando ficam de pé nas patas traseiras e atacam com a frente. Seu gosto pelo jogo não diminui mesmo quando são mais velhos; portanto, quando você compra um boxeador, terá um filhote eterno.

sao Bernardo

Os San Bernardo são gigantes nobres, mais uma prova de que a docilidade não depende do tamanho. Eles geralmente são cães descansados ​​e calmos. Apesar de ser uma raça pouco enérgica, seu tamanho colossal faz com que exijam um amplo espaço para habitar. Eles são excelentes com crianças e com seres humanos em geral, embora deva-se tomar cuidado com outros cães, principalmente se forem machos, pois tendem a ser dominantes.

O Pomeranian, ou o cachorro de brinquedo, é um cão pequeno e vivaz que amo companhia humana. Eles tendem a ser muito mimados e são muito próximos de seus donos. Devido ao seu tamanho, não é aconselhável ter filhos muito pequenos, pois eles podem machucá-los facilmente; no entanto, eles se comportam muito bem com filhos grandes.

Eles são muito inteligentes e sua grande energia pode ser inconveniente se você não se exercitar adequadamenteEles também latem excessivamente, mas seus grunhidos não vão além de simples avisos e não atingem agressões. No entanto, eles tendem a proteger seus senhores e podem sentir ciúmes se eles se sentem deslocados em relação a afeto ou atenção.

11. Shih Tzu

Esta raça de cães nativa da China tem um caráter excessivamente amigável que acaba traindo-a. Portais como o AllShihTzu.com expressaram seu desagrado pelo ranking do professor Coren, garantindo que ele seja um cão excepcional, com enormes habilidades de aprendizado. Um exemplo é o comando sit ("sit"): garante que um cão desta raça possa aprender em uma semana, tentando pelo menos dez minutos por dia.

1.- Basset Hound

Com seus rostos expressivos e olhos caídos, esta raça de tamanho médio e pernas curtas tem um temperamento simples que os torna o companheiro ideal para crianças, adultos mais velhos e pessoas com mobilidade reduzida. Embora pareçam tristes, o Basset Hounds Eles são bastante abertos e divertidos, e é por isso que integram a lista de raças de cães menos agressivas.

Originalmente criados na França e na Grã-Bretanha como cães de caça, seu pêlo curto requer escovação e cuidados semanais, pois são frequentemente despidos.

É uma raça de cães que está disponível em três cores, como marrom, preto ou branco; alguns Bassets também podem ser azuis ou cinza. Um dos benefícios desta raça de baixo perfil é a sua capacidade de se adaptar a uma variedade de ambientes, o que os torna perfeitos para morar em um apartamento.

Amado por seu natureza amável e personalidade alegre, essa raça de pequeno a médio porte se desenvolve em ambientes familiares e é especialmente boa para crianças pequenas. Esta espécie pertencente às raças de cães menos agressivas, é de pêlo curto e pernas curtas, geralmente com uma pelagem de três cores que é fácil de manter.

Originalmente criados na Inglaterra e implantados como cães de caça, o Beagles é enérgico e requer um supervisão cuidadosa, pois são facilmente estimulados por vários odores quando estão ao ar livre.

Por causa de sua disposições amigáveis Em geral, eles se dão bem com outros cães e até estranhos, tornando-os cães de guarda ineficazes. Embora propensa à ansiedade sobre a separação e o tédio de cães, esta raça não é conhecida por seu comportamento agressivo.

10. Basset Hound

Ser pesado, lento e um pouco viscoso não necessariamente torna um cão desprovido de inteligência, mas sua baixa resposta às ordens impede que ele apareça como um animal de estimação brilhante. Além disso, uma das características distintivas desta raça é a teimosia: é caracterizada por desobediência e independência, sendo incapaz de dar respostas rápidas, mesmo quando há um estímulo à sua espera.

Treinar um mastim não é uma tarefa fácil. E não apenas porque seu enorme peso o impede de se mover rapidamente, mas por causa de sua alta sensibilidade a tons de voz hostis. De fato, uma das recomendações mais comuns no treinamento de cães desta raça é a implementação de sessões curtas e, acima de tudo, muito agradáveis.

Treinar um beagle é um desafio real e não porque é um cão desajeitado, mas por causa de seu estilo extremamente independente. No entanto, é um animal de estimação recomendado como empresa para crianças e até para casais, pois se distingue pelo seu "grande coração".

É um dos cães que mais ama consolar, portanto, incentivá-lo a obedecer a ordens que envolvem movimentos excessivos pode se tornar um verdadeiro desafio. Como se isso não bastasse, é caracterizada por um personagem dominante, mas não necessariamente honesto, e prefere tomar suas próprias decisões.

3.- Bernese Mountain Dog

Reconhecida por sua lealdade e sua disposição amigável e calma, esta raça grande e resistente é um ótimo cão de guarda e um companheiro de família, além de ser maravilhosa com as crianças. Das terras agrícolas de Suíça, o cavalo de trabalho desse cão foi originalmente criado para criar gado e, portanto, é adequado para pastar em áreas rurais e é facilmente treinado.

Com um casaco colorido, Eles são um dos quatro tipos de cães de montanha suíços e o único com pêlos longos que requer escovação regular, pois costumam sair.

O Cães de montanha de Berna o Bernese Mountain Dog pode ser bastante vocal, carinhoso e sensível. Devido ao seu tamanho substancial, bem como à necessidade de exercícios e espaços abertos, eles são mais adequados para habitações suburbanas ou rurais ou casas com acesso a um pátio ou parque.

6. Cão de Caça

Também conhecido como Cão de St. Hubert, o cão de caça tem um dos cheiros mais avançados do mundo canino. No entanto, o treinamento requer paciência e severidade (sem exagero). É uma raça independente e teimosa, capaz de seguir seu instinto, mas não ordens de seus senhores.

Independência e liberdade são as duas principais características desses cães, também observadas como obcecadas por si mesmas e não necessariamente por seus donos. Apesar de seu baixo cumprimento das ordens, o Borzoi é um cão leal e afetuoso, por isso representa uma companhia perfeita.

4.- Épagneul Breton

Este cão de tamanho médio é uma das raças menos agressivas, porque é sensível e doce na natureza, está ansioso para agradar e é amigável, o que os torna um amigo leal de quatro patas, especialmente adequado para um ambiente silencioso.

Além de aprender rapidamente e estar apegados aos donos, esses cães pacíficos são educado e amigável com todo mundo e também se dá bem com outros animais. A cor desta raça de cães varia e geralmente é tricolor, eles têm uma pelagem emplumada e requerem um banheiro e um banheiro mínimos.

O nome "Bretanha" o Épagneul Breton refere-se à região da França originária de onde foram criados como caça e recuperação de cães que datam do século XVII. Estes cães são bastante energéticos e requerem exercícios vigorosos.

Socialização apropriada também é recomendada em tenra idade para evitar que se tornem demais submisso ou tímido. Embora eles tendam a experimentar tédio ou ansiedade se não forem tratados adequadamente, esses animais afetuosos são uma adição adorável a uma família atenciosa.

Caracterizada por seu corpo musculoso, corpo curto e robusto, nariz erguido e rosto enrugado único, esta raça média inclui várias variedades, incluindo a bulldog inglês, francês, britânico e americano.

Apesar de suas expressões faciais de aparência mal-humorada, os Bulldogs são muito Amigável, brincalhão, corajoso e paciente, então eles são companheiros adoráveis ​​para casas com crianças e idosos. Eles também se dão bem com outros cães e animais de estimação.

Embora a cor possa variar, os casacos são curtos, elegantes e lisos, e requerem uma limpeza semanal, pois caem de acordo com a estação. Oficialmente reconhecido pelo American Kennel Club Em 1886, os Bulldogs foram classificados como o quarto animal de raça mais popular nos EUA em 2015. Relativamente silenciosos, eles não precisam de exercícios excessivos. Uma raça digna que não é cruel nem agressiva, eles são reconhecidos como excelentes animais de estimação da família devido à sua capacidade de formar laços fortes com as crianças.

4. Chow Chow

Uma das raças que exige mais atenção e muitos especialistas não hesitam em acusá-los de egoístas por causa de sua necessidade de estar no centro das atenções. Vários treinadores concordam que uma mão muito macia no treinamento pode acabar colocando o mestre a serviço do seu animal de estimação.

A grosseria é apenas um rosto: o buldogue é um dos cães mais fiéis e afetuosos que podem ser encontrados. No entanto, seu treinamento e educação exigem tempo e paciência: eles são dependentes, lentos e calculistas, com os quais os resultados podem levar tempo para aparecer. Por outro lado, eles têm um instinto de guardião incomparável que os transforma em sentinelas natas.

Um dos cães menos populares que existem devido a seus latidos particulares (parece a imitação infantil de um som de cachorrinho) e um tipo de ego que os obceca com seus próprios cuidados. Na origem dessas dificuldades, um déficit instintivo de atenção pode ser encontrado, como confirmado por sua constante distração pelas janelas. É um cão temperamental e independente, as duas características que o tornam o pesadelo dos treinadores.

1. pastor afegão

Injustamente chamado de "cão mais idiota", o pastor ou cão afegão é uma das mais antigas raças de cães conhecidas. Ter um cão desse tipo é um verdadeiro exercício de paciência: fazer isso que atenda a uma ordem pode exigir repetições excessivas, para que seu nome se torne a palavra mais repetida em qualquer lar em que você seja criado. Para muitos, é um cão distraído, mas seu baixo nível de conformidade vem da independência que caracteriza sua raça.

8.- Golden Retriever ou Labrador Retriever

O recuperador refere-se a um grupo de cães que inclui variedades populares de raças grandes, como Labrador Retriever e Golden Retriever. Originalmente criados para recuperar aves de caça e caça de pequeno porte para caçadores, eles têm predisposição à obediência, aprendem e agradam seus donos e são comumente usados ​​como cães de assistência, talvez, por isso são considerados uma das raças de cães menos agressivos

Eles também são reconhecidos como um dos raças de cães menos agressivas e, portanto, são muito adequados para famílias, pois se dão muito bem com crianças.

Energia e criaturas sociais, exigem pelo menos uma hora de exercício por dia para florescer. Devido a seus arranjos fáceis de transportar, eles facilmente formam laços com as pessoas e geralmente não são ágeis, hostis ou "cães solteiros", no entanto, eles não são bons cães de guarda.

No entanto, é importante ter em mente que cada variedade ou origem do recuperador pode variar um pouco devido à reprodução e à linhagem. Além disso, eles vêm em uma ampla gama de cores e têm uma camada superior levemente ondulada e resistente à água que sai o ano todo, o banheiro inclui escovação regular e banhos ocasionais.

Com seu personalidade otimista e o amor feroz de sua família, não é de surpreender que sejam consideradas uma das raças menos agressivas do mundo.

9.- Terra Nova

Reconhecido por sua enorme estatura, esse cão de raça grande também é apelidado de "gigante gentilDevido à sua disposição amável e leal. Apesar de seu tamanho colossal (que pode ser intimidador para alguns), eles são bastante calmos e dóceis, o que os torna excelentes cães de trabalho ou de companhia. Eles são especialmente hábeis em crianças, o que lhes rendeu outro apelido, "babás de cães", título perfeito para fazer parte da lista de raças de cães menos agressivas.

Ao longo da história, o cão de Terra Nova tem sido conhecido como cães de resgate e resgate, devido à sua atitude corajosa e corajosa. Sua aparência varia, com cores padrão que incluem preto, marrom, cinza e preto e branco. Eles têm pés palmados e uma camada impermeável que requer escovação semanal para evitar tapetes na camada inferior.

Datado de 1800, a raça se originou no Canadá e foi inicialmente usada como cão de trabalho, incluindo pesca, recuperação, caça e transporte de equipamentos pesados.

Esta raça tem melhor desempenho em casas onde eles podem fazer muito exercício, já que este é um cão bastante ativo.

Provavelmente, é desnecessário dizer que esses cães se sentirão mais confortáveis ​​em uma casa com amplo espaço e acesso ao exterior, e serão os mais adequados para proprietários com um senso de aventura e a capacidade de cuidar desse companheiro canino maior que o cão. vida

10.- Poodle ou Poodle

Adorados por seus temperamentos relaxados, inteligência e facilidade de treinamento, os poodles se referem a um grupo formal de raças de cães, o poodle padrão, o poodle miniatura e o poodle Toy. Educado e gentil em seu comportamento, esse raça elegante e brincalhão Requer atividades físicas e intelectuais para florescer.

Sociável, agradável e enérgicoEles não gostam de ficar sozinhos e podem sentir-se ansiosos quando deixados sozinhos em casa. A raça possui uma grande variedade de cores e possui uma pelagem distinta composta por uma pelagem densa e encaracolada que sai minimamente (um benefício adicional, pois são consideradas "hipoalergênicas").

Os animais domésticos podem receber a manutenção ideal de seus pêlos através de pequenos cortes de cabelo para facilitar a preparação, mas cães de amostra requerem muito cuidado e manutenção. Todas as caniches devem ser escovadas com frequência para evitar a formação de tapetes, e a limpeza deve ser feita a cada 6-8 semanas.

Com suas raízes que datam do início do século XV, ainda existe alguma controvérsia sobre se a raça se originou na França ou na Alemanha. Os padrões foram criados inicialmente como cães de recuperação e caça, enquanto variedades menores foram criadas como cães de colo / companheiro.

Os poodles desfrutam da atividade e se destacam em vários esportes, por isso devem ser passeados ou exercitados com frequência. Entre as três variedades, os poodles padrão são os mais recomendados para famílias com crianças pequenas. Eles também se dão bem com os idosos.

11.- Cão de água português

Esta é uma das raças de cães menos agressivas e mais raras que existem. cães independentes, inteligentes e afetuosos Eles são treinados com facilidade e fazem amáveis ​​companheiros. Eles também se destacam em funções de serviço, incluindo cães ouvintes, cães de mobilidade, cães de terapia e cães de resposta a ataques.

Devido ao seu natureza altamente inteligente, esta raça requer muita estimulação mental e atividade física, nem gosta de ficar sozinha por longos períodos de tempo.

O cães de água portugueses Eles podem vir em uma variedade de cores (sólidas ou com marcas) e ter uma camada de camada única que não sai, tornando-os a escolha ideal para pessoas com alergias. A história traça essa raça na Europa antiga e pode compartilhar uma reserva genética com o Poodle.

Originalmente treinados como cães de trabalho que servem pescadores em regiões costeiras, esses cães energéticos precisam de exercícios regulares para evitar o tédio. Amigáveis ​​e pacientes, são excelentes companheiros para proprietários igualmente ativos, o que os torna parte das raças de cães menos agressivas.

12.- Pug ou pug

Estes filhotes pequenos e robustos são muito queridos pelos grandes personalidades e se dão muito bem com as crianças. Portanto, não surpreende que tenham crescido em popularidade entre os donos de animais na última década e que façam parte das raças de cães menos agressivas.

De vontade forte, brincalhão e charmoso, esta raça inteligente desfruta de socialização e é naturalmente protetora de seus donos, mas não mostra sinais de agressão canina.

Eles anseiam pela atenção e carinho de seus donos, muitas vezes "seguindo" ou seguindo-os. Esta raça de brinquedos vem em uma variedade de cores, com características físicas distintas que incluem um rosto enrugado, focinho curto, corpo compacto, cauda enrolada e músculos bem desenvolvidos.

Com raízes originárias da China, foram altamente valorizadas pelos imperadores e devotos chineses que foram preservados desde os tempos antigos. Como não exigem muito exercício, são uma excelente opção para pessoas que moram em apartamentos ou outras áreas urbanas.

Pin
Send
Share
Send
Send