Animais

É experiente prolongar a vida dos cães

Pin
Send
Share
Send
Send


Todos queremos que nossos filhos sejam eternos. Infelizmente não é assim. A vida de nossos filhos cães é muito curta em comparação com a de um ser humano comum, é por isso que precisamos amá-los sem medida e tirar proveito total deles enquanto eles nos são emprestados por um ser divino.

Embora seu filho cachorro não tenha vida eterna neste mundo, nós, em um cão feliz, queremos que você tire o máximo proveito dele, por isso mostramos a você 10 etapas simples que, se você seguir, garantimos que seu filho cachorro terá mais tempo de vida à frente:

    Mantenha seu cão sem excesso de peso e alimente-o de maneira saudável: verifique se você tem um cronograma para ele e tente alimentá-lo todos os dias ao mesmo tempo. Com>

  1. Mantenha-o ativo: você se exercita e seu cão também. Levá-lo para correr, caminhar ou andar todos os dias permitirá que seu cão esteja em forma, seu sangue circula melhor e mantém um metabolismo saudável.
  1. Deixe-o socializar: como você, seu cão é um ser social que não pode ser isolado por muito tempo. Permitir que seu cão esteja com outros cães ajudará muito sua saúde mental. Tente levá-lo a um parque para cães toda vez que tiver a oportunidade>
  1. Mostre carinho: Se ele mostra todo o carinho dele, por que ele não faz o mesmo? Para manter um cão feliz, é essencial que você mostre a ele sua afeição diária.
  1. Mantenha sua casa limpa: a poeira, os produtos químicos gerados pela sujeira, também afetam o seu cão. Mantenha sua casa limpa, dê uma v>
  1. Construa um relacionamento com seu cão: Provavelmente, seu cão vai durar muitos anos com você, ou pelo menos o resto dele.
  1. Esterilize: já comentamos, a grande população de cães já é muito grande e a esterilização de seu animal de estimação não apenas ajuda a erradicar esse problema, mas também a mantê-lo saudável e menos agressivo.

8. Cuide dos dentes do seu cão: as cáries também os afetam, assim como os dentes. Existem brinquedos e ossos que podem ajudá-lo na sua loja de animais mais próxima, descubra.

  1. Deixe seu cão relaxar: Sim, descanse um pouco, não o leve com você o dia todo, deixe-o também independente e tenha seus momentos, aproveite sua vida!
  1. Leve-o ao veterinário e vacine-o: vacinando seu cão e certificando-se de levá-lo com o veterinário, você assegurará que pegará qualquer doença a tempo. Pelo menos leve o seu cão uma vez por ano e, assim, mantenha-se saudável por mais tempo.

Siga estas dicas e garantimos que você poderá desfrutar do seu filho cão por muito mais tempo. Sua vida é importante, cuide disso.

Pesquisa para estender v>

Em comparação conosco, a vida dos cães é muito curta. Quando eles partem, parece um suspiro a vida inteira com eles. Todos nós queremos passar mais alguns anos com o nosso peludo. Portanto, a pesquisa começou a conseguir isso.

O estudo ocorreu em Seattle, onde eles começaram testando uma substância em cães que eles pensam que pode prolongar sua vida.

A substância em questão é chamada rapamicina Não é algo novo, pois é conhecido em hospitais há muitos anos. Outros nomes conhecidos são sirolimus e rapamune.

Este é um composto principal em muitos tratamentos em pessoas. É usado principalmente para evitar a rejeição de órgãos que foram transplantados. Também para inflamação arterial e até mesmo para alguns casos de câncer.

Seu nome vem do local onde foi descoberto: Ilha de Páscoa ou, como os nativos chamam: Rapa Nui. A bactéria foi descoberta nesta ilha Streptomyces hygroscopicus, um microrganismo simples que vive no solo e do qual a rapamicina é extraída.

Parece que esta substância possui um grande número de propriedades que ainda não são conhecidas. Um deles é que é capaz de regenerar células em animais. Ou seja, pode impedir o envelhecimento nestes. Já havia sido testado em moscas da fruta, camundongos e vermes.

Cuide da sua dieta

Como dissemos em ocasiões anteriores, uma dieta rica e equilibrada e em quantidades diárias adequadas favorece o desenvolvimento adequado do seu cão, melhora sua saúde física e mental e evita o aparecimento de muitas doenças. Verifique se sua dieta contém as quantidades ideais de vitaminas, minerais e nutrientes. Não se esqueça de quão importante é a qualidade da sua comida como a quantidade. Sempre fornecer quantidades adequadas em cada estágio da sua vida ajudará a evitar o excesso de peso e todas as suas doenças derivadas. Se você tiver dúvidas sobre qual é o alimento mais adequado para o seu cão, consulte o seu veterinário.

2. Escove os dentes

Pense no seu animal de estimação como uma criança pequena: você não pode esperar escovar os dentes sozinho. E escovar os dentes Isso fará com que durem mais, melhorando sua qualidade de vida.

Pratique exercício moderado

A prática regular e moderada de exercícios contribui para o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida do seu cão, prevenindo também muitas doenças e problemas frequentes, como ansiedade ou estresse. Esses problemas afetam significativamente a qualidade de vida do seu cão e podem reduzir sua expectativa de vida. Uma rotina de longas caminhadas, jogos e atividades ao ar livre fará com que seu cão exercite seu corpo e desfrute de benefícios tanto físicos quanto mentais. Não tenha dúvida, o exercício feito corretamente prolongará a vida do seu cão e fará com que ele se sinta mais feliz.

Alimento

Não nos cansaremos de insistir na importância da alimentação adequada do seu cão como fonte de saúde. Se o padrão responsável por fornecer energia e nutrientes a nosso amigo não estiver correto, não podemos esperar que sua vida seja simples e saudável, o mais provável é que uma nutrição inadequada favoreça, a curto, médio ou longo prazo, o aparecimento de patologias.

Não se esqueça de administrar produtos feitos especialmente para animais de estimação. A variedade de alimentos específicos é muito variada e é adaptada a todos os tipos de necessidades, desde a alimentação de um cão esportivo até a de uma gestante ou lactante, ou um animal idoso que precisa consumir menos calorias para não ganhar peso. Deixe-se aconselhar e siga as recomendações do profissional, especialmente aquelas relacionadas a alimentos ou produtos prejudiciais à sua saúde. Se o fizer, o seu cão viverá mais anos.

A higiene adequada não implica apenas benefícios óbvios para a saúde e estética do cão: sua pele, cabelos, olhos, ouvidos, dentes. eles permanecerão saudáveis ​​e bonitos por mais tempo, mas permitirão que o animal seja um ser socialmente integrado. E, é claro, evita acidentes para si e para o resto dos indivíduos. Esse aspecto é especialmente importante no caso de algumas raças, por exemplo, aquelas com cabelos compridos, como o collie, ou orelhas compridas, como o cocker.

3. Raças que vivem mais

Talvez você não soubesse, mas a verdade é que o expectativa de vida é mais longo para cães de raças pequenas do que para cães de raças grandes. E também é mais longo para cães cruzados do que para cães de raça pura. Portanto, se você estiver escolhendo um novo amigo peludo, talvez seja melhor adotar um do abrigo do que comprar um cão de raça caro.

Vá regularmente ao veterinário

Ir frequentemente ao veterinário, e não apenas quando surgem problemas, pode ajudar a detectar problemas a tempo e prevenir doenças ou problemas de saúde que podem reduzir a vida do seu cão. Crie um plano de visitas ao seu veterinário para que ele possa verificar regularmente seu estado de saúde e a ausência de parasitas em seu corpo. Prevenir problemas de saúde e, principalmente, ser capaz de detectá-los a tempo, nos ajudará a aproveitar mais o nosso cão.

O jogo e o exercício

Brincar e se exercitar são duas coisas básicas para o cão, o animal precisa respirar ar puro, fortalecer suas articulações e interagir com agentes externos (saudáveis ​​e patógenos) encontrados no ambiente. Um dos maiores problemas que os cães sofrem em nossa sociedade é um estilo de vida sedentário. Evite-o com jogos e passeios ao ar livre.

Evite acidentes

A melhor maneira de garantir uma vida longa ao nosso cão é evitar qualquer acidente que possa colocar sua vida em risco. Em casa, lembre-se de que existem certos produtos (como chocolate ou álcool) e certas coisas (como moedas ou pasta de dente) que são muito tóxicos para eles e sempre devem ser mantidos fora de alcance. Lá fora, não se esqueça de levar seu cão sempre atacado sempre que você andar pela cidade, e nunca o deixe solto, a menos que esteja em uma área segura ou desde que saiba que ele sempre atende. É muito importante que você o identifique usando o microchip (obrigatório) e uma placa de identificação com seu nome e número de telefone. E por último mas não menos importante, No verão, nunca deixe seu cachorro dentro de seu carro, pode ser mortal!

Descubra as doenças da sua raça

Cada raça tem suas peculiaridades e algumas delas são mais propensas a sofrer certas doenças. Se você tem um cão de uma determinada raça, descubra as doenças mais comuns. Como exemplo, os dobermans, os touros ingleses ou o rei cavalheiro charles spaniels geralmente sofrem de problemas cardíacos. O galgo inglês ou o rottweiler são mais propensos ao câncer ósseo. Estar ciente das doenças mais frequentes da raça do seu cão pode ajudar a prevenir muitos problemas ou saber como detectá-los a tempo, aumentando as chances de prolongar a vida do seu cão.

Que efeito poderia ter para prolongar o v>

O desgaste metabólico é uma das principais razões para o envelhecimento. O trabalho da rapamicina é fazer as células acreditarem que o nível de nutrientes absorvidos pelo corpo é menor, de modo que a velocidade do metabolismo diminui e, assim, prolonga a vida. Isso é alcançado através de alterações bioquímicas que são capazes de induzir.

Embora em camundongos já tenha sido demonstrado, o cão é um animal muito mais complexo, por isso prolongar a vida do peludo não é tão simples.

David Sinclair começou o experimento para prolongar a vida de cães com 32 cães com mais de seis anos. Um quarto dos peludos seria medicado com um placebo, ou seja, eles não receberiam a substância original.

Embora os animais não conheçam o efeito placebo, ele influenciará seus donos; assim, com o passar das semanas, David e sua equipe podem ver reações em ambos.

Ainda não há nada claro sobre este estudo, mas, como deve ser entendido, não se trata de uma investigação de dois dias, mas de anos. Estudar e parar por um tempo o envelhecimento leva tempo devido à sua importância.

Observando o bem dos animais, se houvesse reações adversas, o medicamento seria retirado do mercado e a investigação seria interrompida.

Portanto, embora já estivéssemos começando a ter esperanças, a rapamicina ainda não foi comprovada, por isso não podemos dizer que será realmente um remédio contra o envelhecimento, ou pelo menos uma maneira de prolongar a vida dos cães.

4. Não estresse seu cão

O mesmo estresse que torna as pessoas mais propensas ao envelhecimento prematuro e à doença afeta os cães. Se você deseja que seu amado amigo desfrute de uma vida boa e longa, forneça um ambiente descontraído, livre de ansiedade e estresse.

8. Treine bem

Além disso, será mais fácil você dar um passeio e mora com um cachorro bem treinadoIsso também pode salvar sua vida, especialmente se você pensar no que pode acontecer se soltar a trela ou fugir do jardim e correr em direção à estrada com um carro que vá diretamente para ela.

Se você tem um cachorro, que outras coisas você recomenda para prolongar sua vida? Comente! Você quer que, além de viver muito, seja um cachorro feliz? Nós damos-lhe 6 dicas para enriquecer a vida do seu cão.

Pin
Send
Share
Send
Send