Animais

Remédios naturais para cistite em cães

Pin
Send
Share
Send
Send


Cistite em cães É uma condição bastante comum. Pode ser um problema leve, que não representa uma grande dificuldade para curar, mas também pode ser sintoma secundário de uma patologia mais grave. Como saber em que caso estamos? Se o seu cão tiver cistite, não perca este artigo, onde explicamos suas causas, como detectá-lo e seus possíveis tratamentos.

Cistite em cães, o que é?

Como nas pessoas, cistite em cães é a inflamação da bexiga. Não confunda com uma infecção na urina: muitas vezes são tratadas como sinônimos, mas na verdade não são, mas uma é uma consequência da outra, são patologias paralelas.

Cistite Pode afetar qualquer cão, independentemente da raça, ambiente ou idadee pode ser aguda ou crônica.

Causas de cistite em cães

Cistite canina Pode ser devido a várias causas diferentes, mas o mais comum geralmente é um infecção bacteriana que atinge a bexiga através do ânus e a colonização começa e, portanto, a infecção. Nesse caso, falamos sobre infecção urinária, ou como os veterinários chamam, infecção ascendente. Embora várias bactérias possam causar tais infecções, Foi observado que o mais comum é o E-coli.

As fêmeas são mais propensas a sofrer de cistite canina, uma vez que possuem a uretra mais curta. A higiene anal é essencial para evitar seu aparecimento. Além de infecção bacteriana, Outras causas de cistite em cães são:

  • Pedras na bexiga.
  • Tumores de bexiga e quimioterapia, que também favorecem infecções urinárias.
  • Devido ao alto nível de glicose no sangue, a cistite também é mais comum em cães diabéticos.
  • Cortisona e outros medicamentos que enfraquecem o sistema imunológico do cão, deixando-o mais exposto a possíveis infecções de todos os tipos.

Diagnóstico e tratamento da cistite em cães

Quando você vai ao veterinário com suspeita de que seu cão possa ter cistite, tente dar o máximo de informação possível: há quanto tempo você está assim, quais sintomas você observou, com que frequência você faz xixi, se você tem comportamentos estranhos ... Tudo o que você pode contribuir ajudará a tornar o diagnóstico preciso.

Para confirmar a cistite e sua causa, Seu cão terá uma cultura e análise de urina. Posteriormente, um teste de sensibilidade ajudará a escolher o melhor tratamento. Apart O veterinário pode considerar apropriado fazer outros testes, como ultrassom, raios-x ou endoscopia.

Cistite canina Geralmente é resolvido com um tratamento antibiótico. Certifique-se de cumprir as doses e horários indicados pelo veterinário. Por outro lado, É muito importante que você fique bem hidratado.

No caso de a cistite ser um sintoma secundário de outra patologia, como pedras na bexiga ou até câncer, a cistite será tratada por um lado e a doença causadora de outro.

A cistite pode ser evitada em cães?

Se você deseja manter seu cão o mais longe possível da cistite, verifique se todas as suas vacinas estão atualizadas e se suas condições de higiene são ótimas, especialmente no caso de mulheres.

A desidratação também pode desencadear cistite, você deve sempre deixar água fresca disponível para seu animal de estimação. Um cão bem cuidado e alimentado terá defesas muito altas, esta é a melhor prevenção de cistite canina e muitas outras condições.

Remédios naturais para curar cistite em cães

Se o seu cão tem cistite, A primeira coisa que o veterinário fará é identificar a raiz do problema. O que causou isso? Ele testará o cão para encontrar uma resposta.

No caso de cistite recorrente, pode ser devido a um problema no sistema nervoso, pedras na bexiga ou até tumores. Dependendo da causa, o veterinário prescreverá um tratamento adequado para curá-lo, mas há mais alguma coisa que você possa fazer? Sim Além do tratamento veterinário, Existem remédios naturais que você pode usar para curar a cistite mais rapidamente em cães.

Primeiro, consulte o veterinário

Se você deseja tratar a cistite canina com remédios naturais combinados com medicamentos ou se pensa em abandonar completamente os medicamentos, consulte sempre o veterinário antes de. Se o caso do seu cão for sério, pode não ser uma boa ideia. Para isso, recomendamos que se você mora na Espanha Baixe nosso aplicativo para localizar um veterinário de confiança perto de você.

O veterinário recomendará remédios naturais para que eles possam ajudar melhor seu amigo e ensiná-lo a gerenciá-lo.

Lembre-se da importância da água

É muito importante que o cão beba muita água para curar a cistite. Isso vai urinar com mais frequência e expelirá bactérias mais rapidamente, curando a infecção. Além disso, geralmente Quanto mais diluída a urina, menos desconforto costuma causar quando é expelida.

Faça com que ele beba com mais frequência e faça mais caminhadas por dia para que ele possa urinar.

Pode ser necessário modificar sua dieta

Muitos veterinários consideram a quantidade de Aditivos, conservantes, variedade de ingredientes e outras características da ração comercial não são muito apropriados para quando a cistite está sendo tratada em cães. É possível que eu recomende, durante o tratamento, que você prepare os alimentos em casa com os ingredientes naturais possíveis.

Outras alternativas

Curtir complemento ao tratamento com antibióticos, ervas comuns podem ser usadas como terapia natural. No caso de cistite, Alguns dos mais comuns são a uva-ursina e a bérberis, que têm propriedades antibacterianas e anti-sépticas. Além de ajudar a reduzir a infecção, eles também fortalecem o sistema autoimune e esvaziam a bexiga.

(Foto via: miperroinfo)

Você também pode usar echinacea, selo de ouro, alho (anti-séptico natural muito eficaz), Raiz-leão, urtiga, salsa, zimbro ... Suco de cranberry, óleo de fígado de bacalhau e vitamina C Eles também ajudam muito o corpo a fortalecer e combater os patógenos da cistite.

Lembra que Não é aconselhável tratar o seu animal de estimação por conta própria: Siga sempre o conselho do seu veterinário. Se não, eu poderia estar em perigo!

Esperamos que nossas dicas para o tratamento da cistite em cães ajudem seu amigo a se sentir melhor muito em breve.

O que é cistite canina

Como nós humanos, a cistite canina é chamada inflamação da bexiga urinária do cão. Embora muitos tendam a relacionar essa condição à infecção na urina, a verdade é que é um erro tratar ambos os termos como sinônimos, uma vez que a infecção é uma das causas que podem causar cistite na lata.

A cistite canina pode ser aguda ou crônica e pode ocorrer em cães de qualquer idade, desde filhotes a idosos.

Sintomas de cistite canina

A urina produzida pelos rins é armazenada na bexiga para passar à expulsão subsequente pela uretra. Quando as paredes deste órgão ficam inflamadas, a bexiga tem muito menos capacidade de armazenar urina e, portanto, faz com que o cão urinar com mais frequência, mas com menos, sendo este o principal sintoma da cistite canina. Dessa forma, não é de surpreender que surpreendamos nosso companheiro peludo urinando dentro de casa, quando ele nunca havia feito isso antes. Também é possível que o aumento da micção seja acompanhado por presença de sangue.

Além dessa indicação, encontramos outros sintomas que podem indicar que nosso cão sofre de cistite:

  • Hiperatividade causada pelo aumento da micção.
  • Desconforto ou dor ao urinar, eles aparecerão através de lamentos.
  • Esforço ser capaz de urinar e "desconectar" do desconforto que sente.

Se você detectar algum desses sintomas que, como você pode ver, pode ser confundido com má conduta, não hesite em vá ao veterinário o mais rápido possível para que você possa realizar os testes relevantes e iniciar o melhor tratamento.

Diagnóstico e tratamento para cistite em cães

Quando vamos ao veterinário com o nosso cão, o especialista nos pergunta sobre cada um dos sintomas que detectamos, por isso é importante que você preste muita atenção ao comportamento do seu cão. Então o médico fará uma cultura de urina da nossa lata para analisá-lo, confirmar a cistite canina e identificar a causa que a causa. Em seguida, prossiga para um teste de sensibilidade para determinar o melhor tratamento. Você também pode solicitar um raio-x, ultra-som e até uma endoscopia para confirmar o diagnóstico.

O tratamento da cistite canina é geralmente baseado no administração de antibióticos que somente o veterinário pode prescrever após o teste de sensibilidade. Lembre-se de que você não deve interromper o tratamento estipulado pelo especialista, a menos que ele solicite.

Por outro lado, é essencial que você tenha certeza de que seu cão ingere a quantidade de água que ele precisa, pois esse fato favorecerá muito sua recuperação.

No caso de sofrer cálculos na bexiga, tumor ou diabetes, o tratamento terá como objetivo curar a cistite e auxiliar a patologia sofrida.

Isso pode ser evitado?

Como na maioria das condições, a prevenção é sempre a melhor cura. Para prevenir a cistite canina, é essencial mantermos atualizados o cronograma de vacinação de nossos cães e vamos manter uma higiene rigorosa. Especialmente se o nosso parceiro for mulher, aconselhamos a limpar a área do ânus e da vagina depois de defecar e urinar sempre.

Por outro lado, uma desidratação pode favorecer o aparecimento de uma infecção urinária, portanto garantir que nosso cão bebe água É uma medida preventiva que geralmente não falha.

Este artigo é meramente informativo, no ExpertAnimal.com não temos poder para prescrever tratamentos veterinários ou fazer qualquer tipo de diagnóstico. Convidamos você a levar seu animal de estimação ao veterinário, caso ele apresente algum tipo de condição ou desconforto.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Cistite em cães - Causas, sintomas e tratamento, recomendamos que você entre na nossa seção sobre doenças bacterianas.

Pin
Send
Share
Send
Send